quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

O meu filho com autismo tem Transtorno de Processamento sensorial?


Muitas crianças com espectro autista tem Transtorno do Processamento Sensorial. Ou seja, eles podem ser hipersensíveis ou hiposensíveis sons, luzes, alimentos ou toque. Para algumas crianças, este tipo de transtorno pode ser uma das causas de alterações comportamentais como agressividade, irritabilidade, choro sem motivo, distração ou certos movimentos repetitivos.
    Estas diferenças no tipo de resposta  sensorial são rotulados como "distúrbio de processamento sensorial" ou "disfunção do processamento sensorial", e pode ser atribuída a diferenças na estrutura cerebral. Embora as questões sensoriais não são sintomas do espectro autista , eles são muito comuns nas crianças com autismo.O tratamento para questões sensoriais, é conhecido como Terapia de Integração Sensorial.
    Alguns sinais de que uma criança pode estar sofrendo de problemas sensoriais - e pode ser auxiliado pela Terapeuta Ocupacional especialista abordagem neurocomportamental Integração Sensorial
  • Excessivamente sensível ao toque, movimento, sons, luzes e alimentos
  • Não responde ao estimulos como o toque, movimento ou sons
  • Facilmente distraídos
  • Problemas sociais e / ou emocional (abraços, beijos ou contato afetivo)
  • Agitação psicomotora, irritabilidade, auto-agressividade ou movimentos estereotipados excessivos
  • Impulsividade
  • Dificuldade em fazer a transição de uma situação para outra
  • Incapacidade de relaxar ou acalmar 
  • Dificuldade permanecer na postura sentada para certos tipos de atividades
  • Choro sem motivo
  • Dificuldade atividades de vida diária ( tomar banho, escovar os dentes, cortar o cabelo ou unhas, evita certos tipos de roupas ou cobertor, não gosta de certos tipos de alimentos como frutas ou verduras e legumes.
  • Hipersensibilidade oral para alimentos pastosos ou texturizados (seleciona os tipos de alimentos)
  • Evita certos tipos de meia ou sapatos ou prefere ficar descalço.
  • Dificuldade concentração certas brincadeiras. Pouca interação e exploração no brincar.

0 comentários:

Postar um comentário