terça-feira, 30 de agosto de 2011

O que trabalhar com crianças do Jardim I (4 a 5 anos)


O que trabalhar com crianças do Jardim I (4 a 5 anos)



JARDIM I


PORTUGUÊS


♥ OBJETIVO

1. Desenvolver percepção visual, auditiva, coordenação viso-motora.

2. Desenvolver Orientação temporal (começo, meio e fim).

3. Desenvolver Orientação espacial.


♥ CONTEÚDO

► Coordenação viso-motora:

1. Desenho livre.

2. Labirinto.

3. Pintura.

4. Recorte e colagem.

5. Traçado de linhas com movimentos livres e dirigidos.

► Percepção visual:

1. Cor.

2. Forma.

3. Tamanho

4. Detalhes.

5. Complementação de figuras.

6. Letras (a, e, i, o, u).

· Orientação temporal: começo, meio e fim, mais velho, mais novo, primeiro e último.

· Orientação espacial: dentro/fora, em cima, entre, em baixo, na frente, atrás, alto, baixo, perto e longe.


♥ Metodogia:

Folhas que promovam o interesse da criança. Pode-se também trabalhar as vogais com músicas. Trabalhar as noções do conteúdo no dia-a-dia da criança, explicando-a sempre que ocorrer dúvidas. Pode-se trabalhar também com jogos, brincadeira, histórias e músicas.



♥ AVALIAÇÃO


Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora. O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.


MATEMÁTICA

♥ OBJETIVO


Estimular o raciocínio lógico, estabelecendo relações entre os conceitos: todo, parte, igual, diferente, grande, pequeno, tamanho, cor, forma, etc.
Desenvolver o conceito numérico através da expressão verbal e gráfica.Desenvolver a noção de diferente medidas em relação aos objetos e ao tempo.


♥ CONTEÚDO

► Estruturas lógicas:

1. Discriminação (semelhanças e diferenças).

2. Comparação.

3. Identificação.

4. Conjuntos.

5. Correspondência.

6. Cores.

· Tamanho e formas (círculo, triângulo, quadrado, retângulo).

· Número de 1 a 9, quantidade (mais, menos, muito, pouco, cheio e vazio).

► Medidas:


1. Tamanho de objetos (pequeno, grande, maior, menor, grosso e fino).

2. Distância entre os objetos (longe, perto).


3. Velocidade (rápido, lento, devagar, depressa).

4. Massa (leve, pesado).

5. Temperatura (quente, frio).

6. Som (alto, baixo).

7. Tempo (muito tempo, pouco tempo, dia, noite, hoje, ontem e amanhã).


♥ Metodologia:


· Através do uso de material concreto e/ou dourado que promovam a discriminação.

· Através do uso de material concreto onde a criança consiga visualizar e conceituar a contagem dos objetos, e mais tarde a apresentação dos números em lousa, caderno, folhas de sulfite, cartazes e músicas.

· Através de material concreto que permita a visualização de diferente medidas, utilizando também jogos e brincadeiras. Em relação ao tempo é interessante o uso de calendário mostrando o dia, mês, ano e tempo meteorológico, e o aniversário das crianças da sala.

♥ AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora. O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.


ESTUDOS SOCIAIS


♥ OBJETIVO


1. Identificar, nomear e se reconhecer como membro de sua família, reconhecendo sua importância e valor que possui em casa.

2. Desenvolver socialização.

3. Identificar os meios de transportes que circulam em nosso país, relacionando-os com o trânsito.

4. Identificar os meios de comunicação existentes em nosso país.

5. Identificar diferentes profissões, bem como sua importância para economia familiar e do país.

6. Estimular o reconhecimento da história Brasileira.

♥ CONTEÚDO

· Eu/Família/Casa.

· Escola

· Meios de Transporte/Trânsito.

· Meios de Comunicação.

· Profissões.

► Datas Comemorativas:


1. Carnaval.

2. Páscoa.

3. Dia Nacional do Livro Infantil.

4. Dia do Índio.

5. Dia do Trabalho

6. Dia das Mães.

7. São João.

8. Dia dos Pais.

9. Dia do Soldado.

10. Folclore.

11. Independência.

12. Dia da Árvore.

13. Primavera.

14. Semana do Trânsito.

15. Dia das Crianças.

16. Proclamação da República.

17. Natal e outros.


♥ Metodologia:


Através de figuras, desenhos, gestos, músicas, histórias e explicações sobre o significado de cada item, e produções de lembrancinhas que traduzam a data em questão.


♥ AVALIAÇÃO


Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora. O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.

CIÊNCIAS


♥ OBJETIVO

· Estimulação dos 5 sentidos, desenvolvendo a capacidade de auto-higiene e a identificação e nomeação das partes do corpo.

· Incentivar a importância ecológica, através da jardinagem e horticultura.

· Apresentar a diferença entre campo/cidade e praia, estabelecendo a noção de tempo.

· Identificar a importância da água para os seres vivos mostrando a diferenciação entre seres vivos e não vivos.

· Nomear e reconhecer diferentes animais.



♥ CONTEÚDO


. O corpo humano (os sentidos, hábitos de higiene, e partes do corpo).

. A natureza (dia/noite/tempo, água, campo, cidade, praia, seres vivos e não vivos, plantas e animais).


♥ Metodologia


· Exercícios e atividades que desenvolvam a visão, audição, tato, olfato e gustação. Incentivar também o lavar as mãos, escovar os dentes sempre que necessário, através de músicas e histórias, que despertem o interesse da criança.

· Plantar mudas e flores explorando o meio ambiente, livros e revistas que auxiliam a explicação sobre a natureza para o professor.


♥ AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora. O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.

ARTES

♥ OBJETIVO

· Incentivar e desenvolver o hábito de desenho, estimulando assim a fantasia da criança.

· Estimulação de confecção de brinquedos através da sucata.

· Estimular a coordenação da criança e a criatividade com o uso da argila e massinha.


♥ CONTEÚDO


· Artes: desenho livre e pintura.

· Sucata.

· Argila e massinha.

♥ Metodologia

· Utilização de lápis, pincéis, cola


. Com muito incentivo, estimulando a criança através de elogios.

· Material de sucata e criatividade do professor.

· Apresentação de argila e massinha.


♥ AVALIAÇÃO


Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora. O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.

♥ OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS

· Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.

· Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.

· Permitir que a criança seja independente.

· Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.

· Levar a criança a brincar com os outros do grupo.

· Fazer com que a criança não fixe em um único colega.

· Mantê-la ocupada.

· Levar a criança a participar das atividades de grupo.

FONTE. http://mundinhodacrianca.blogspot.com/2009/10/o-que-trabalhar-com-criancas-do-jardim.html

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

INAUGURAÇÃO DA ESCOLA ESPECIAL TÂNIA REGINA -

INAUGURAÇÃO DA ESCOLA ESPECIAL TÂNIA REGINA -

27.08.2011

Foi inaugurada ontem, 27 de agosto de 2011, em Maringá, Paraná, a
ESCOLA ESPECIAL TÂNIA REGINA. Situada a
Av. Luiz Teixeira Mendes, n. 1370, Zona 05,
a Escola de Educação Especial atende deficiências intelectuais,
comportamentais e físicas, e oferece música, culinária educativa,
ateliê Artebacana, informática, pintura, dança e expressão corporal. Alfabetização com métodos avançados. Fisioterapia,
Fonoaudiologia, natação e Terapia Ocupacional.
E Estimulação Essencial.



As matrículas estão abertas.
Contatos: (44)3346-2022 e
(44)9912-0637. EMAIL. escolataniar@gmail.com
e taniareginaines@gmail.com

Matéria realizada por Sylvia Mara.







FONTE http://sylviamara.blogspot.com/2011/08/inauguracao-da-escola-especial-tania.html#comment-form

domingo, 21 de agosto de 2011

PROJETO AMBIENTAL RECICLANDO IDÉIAS



Projeto primavera - Atividades para a primavera

Em setembro, é hora de comemorar a chegada da primavera.
Um ótimo momento para convidar a turminha a observar a natureza e suas mudanças, ficando atento ao rítmo da vida.
A percepção e valorização do meio ambiente, devem ser um projeto que dura o ano inteiro, mas é útil aproveitar a estação das flores, para sensibilizar os pequenos para a importância da preservação.
APROVEITE PARA FAZER JOGOS E CONFECÇÕES COM SUCATAS NESTA DATA

PROJETO AMBIENTAL RECICLANDO IDÉIAS

JUSTIFICATIVA:

A medida em que o ser humano aumenta a sua capacidade de intervir na natureza, utilizando seus recursos tecnológicos para extrair do meio ambiente tudo aquilo que deseja. O uso indevido dos recursos não renováveis ou a poluição dos recursos renováveis são fatores que ameaçam a sobrevivência dos seres.
Existem vários fatores que contribuem para a degradação da natureza, são eles: esgotamento do solo, poluição sonora provocada por barulho de automóveis, máquinas etc,
poluição do ar da água e dos solos, destruição da camada de ozônio e muitos outros.Este projeto busca formar o senso crítico na criança, estimulando-a retirar da natureza somente o que é necessário para sua sobrevivência, mostrando para as crianças que o meio ambiente não pertence a elas, mas que elas estão inseridas nele.
O cidadão que se preocupa com o ambiente em que vive precisa mudar sua forma de pensar e passar a agir com responsabilidade, sensibilidade e respeito.
O pequeno de hoje será o adulto empreendedor de amanhã, se não formar uma consciência da importância de cuidar da natureza com cautela, irá agir de forma mesquinha, utilizando a natureza de forma desordenada e gananciosa, se for responsável e consciente irá se integrar ao meio ambiente, tornando-se parte dele só retirando dele aquilo que realmente necessita.
Nós educadores devemos buscar a construção de uma consciência crítica pelos alunos, de modo a formar cidadãos éticos e humanos. É muito importante orientar as crianças a lidar com a natureza, tendo como objetivo despertar nos pequenos uma postura crítica frente à realidade das informações e os valores trazidos de casa ou veiculados pela mídia, pois os assuntos ambientais não são apenas de interesse individual, mas do coletivo, ou seja, são de interesse planetário.
Este projeto busca ampliar as noções já elaboradas das crianças sobre o meio ambiente, nas suas mais variadas formas, pois a gente só protege e cuida daquilo que conhece e ama, é mais do que ensinar a criança a não poluir é educar o pequeno para que corrija aquele que ainda não aprendeu a tratar a natureza com o respeito que ela merece.
Como nos dias de hoje estamos sempre com pouco tempo para realizar todas as tarefas que precisamos fazer, tendo pouco ou nenhum tempo dedicado a cuidar da boa alimentação, descanso e lazer, as indústrias criam novos meios de “facilitar” nossa vida, fabricando produtos em embalagens descartáveis que consomem matéria – prima e arrasam a natureza, cabe ao educador despertar na criança o patrulheiro ambiental, que irá fiscalizar e proteger a natureza.

OBJETIVOS GERAIS
:

*Investir na mudança e transformação do pensamento, visando uma qualidade de vida que se relacione com a preservação da natureza;
*Conhecer e integrar as diferentes formas de caracterizar o meio ambiente;
*Adotar postura crítica, dentro e fora da escola, que vise interações construtivas com o meio ambiente;
* Identificar a necessidade real de extrair elementos da natureza da ganância destrutiva, a fim de preservar o meio ambiente;
*Valorizar a diversidade ambiental;
*Identificar-se como parte integrante ( e importante) na formação do meio ambiente;
*Desenvolver valores e atitudes de respeito com a natureza;
*Despertar a consciência ecológica de preservação e respeito pela natureza, através do reaproveitamento de materiais;
*Conscientizar a criança da importância das plantas e da natureza, mesmo no ambiente urbano;
*Identificar a utilidade das plantas e da natureza na saúde, na produção de remédios e na alimentação do ser humano;
*Conhecer o desenvolvimento das plantas e o que necessita para sobreviver;
*Apreciar a natureza que nos rodeia.

ALGUNS TEMAS ABORDADOS:

SOLO: O que é solo?
Alguns tipos de solo (areia, barro, argila...)
Poluição do solo e conseqüências

LIXO: O que é lixo?
Tipos de lixo ( seco e orgânico) e sua separação
Lixo tóxico e conseqüências
Coleta de lixo e armazenamento( lixo industrial e médico)

ÁGUA: Onde encontramos?
Para que utilizamos?
De que formas podemos encontrá-la? (os estados)
Conseqüências de sua poluição

RECICLAGEM: De embalagens de isopor
De caixas de ovos
Sucatas variadas
Embalagens de refrigerante

PLANTAS:
Como crescem?
Suas utilidades?
Plantas que utilizamos na alimentação?
Plantas medicinais


Utilidades das plantas:
Alimentação: árvores que produzem frutas, sementes e legumes. Realizar o mural de sementes e grãos com o nome da árvore e da fruta ou legume ao qual pertencem.
Remédios: Coletar folhas, sementes, cascas e raízes (ervas, chás e temperos).
Perfumes: Muitas plantas são utilizadas na confecção de perfumes, pesquisar sobre elas.
Utilidade: Purificação do ar, sombra, conservação da umidade da terra e produção de oxigênio.


ALGUMAS SUGESTÕES DE ATIVIDADES:


*Criação de uma patrulha ambiental encarregada de fiscalizar os ambientes e as pessoas que ele ocupam;
*Conversação, debate, pesquisa e atividades que motivem a descoberta do meio;
*Confecção de roupas e acessórios utilizando sucatas;
*Desfile das peças confeccionadas;
*Leilão das peças confeccionadas com sucata;
*Máscaras de papel machê;
*Apresentação de teatro utilizando as máscaras;
*Separação do lixo seco e orgânico;
*Música;
*Experiências
*Horta ecológica;
*Construção do Zé cabelo;


DICAS: Nas revistas de Educação Infantil tem bastante atividade para realizar utilizando sucata. REVISTA "GUIA PRÁTICO PRA PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL"


# Recolher várias folhas no pátio ou em torno da escola, em sala, comparar as folhas, concluir que as folhas são igual as pessoas, cada uma é diferente, em sua forma, tamanho, cor, textura e utilidade. Existem plantas que podemos usar na alimentação, outras podemos utilizar como medicamento, algumas plantas servem para enfeitar e nos proporcionar a sombra. Depois de conversar sobre as folhas colocá-las em baixo de uma folha de ofício e com o giz de cera deitado pintar esta folha, para surpresa das crianças aparecerá o contorno das folhas. Para turmas mais avançadas pode-se elaborar um álbum com as folhas e o nome das árvores as quais pertencem e sua utilidade (alimentação, medicamentos, decoração, sombra, madeira...);
# Plantio de sementes (arroz, feijão, lentilha) para que as crianças observem seu desenvolvimento (sua partes como raiz, caule, folhas...) e o que necessitam para crescer (água, ar e luz). È importante fazer uma experiência com os pequenos, cada um planta sua sementinha em um potinho com algodão e coloca em uma janela para receber água e luz, a professora faz outros 2 potinhos onde um não receberá água e o outro não receberá luz, assim poderão perceber o que as plantinhas necessitam para crescer. Os mais velhos podem registrar com desenhos as suas observações;
# É importante falar sobre os desmatamentos, queimadas e atos de vandalismo na natureza, como poluição do solo e da água e despertar na criança a consciência de preservação, indo além do não poluir, mas chamando atenção para atitudes erradas de quem ainda precisa de ajuda. Já existem empresas que se preocupam com isto e produzem peças com madeiras “reflorestadas”;
# Alguns plantas são cultivadas e crescem com o uso de agrotóxico, que é semelhante ao remédio que tomamos quando estamos doentes, só que mais forte. Mostre para as crianças a importância de consumir alimentos limpos. Uma boa atividade é a manutenção de uma horta ecológica, com alimentos a serem utilizados nas refeições oferecidas pela escola. Incentivá-los no plantio de árvores frutíferas, plantadas ao redor da escola também auxilia a despertar nos pequenos a consciência ecológica.
# Existem materiais que podem ser reaproveitados, assim, evitamos o desperdício e exploração desnecessária dos recursos naturais, chamamos de reciclagem. Uma ótima atividade é a separação de todo lixo da escola e lixeiras separadas (lixo seco e lixo orgânico), construções significativas com sucatas são excelentes recursos didáticos, veja algumas sugestões:
· Utilizando garrafas de 2 litros plásticas podemos fazer porta lápis, porta papel higiênico, floreiras, vai e vém, bilboquê e muitas outras coisas que nossa criatividade permitir;
· Utilizando o lacre das latinhas podemos construir roupas, gravatas, pulseiras etc...
· Com caixinhas e potes de conservas podemos forrá-los e enfeitá-los usando-os para guardar brinquedos e jogos;
·Com potinhos de iogurte podemos confeccionar um jogo da memória,
·Com caixinhas de fósforos podemos construir um jogo da velha.
·Com tampinhas plásticas podemos construir um jogo de damas.

# A árvore da turma: Construir com papel pardo um tronco de árvore, as “ folhas “ serão pratos de plástico com a marca da mão da criança com guache, seu nome e uma palavra ou frase sobre a natureza, este cartaz deve ficar exposto para os pais.
# Com sucata construir roupas e outros objetos utilitários, com bandeja de isopor (fundo de pizza ou fundo de carnes) construir quadros para os pais enfeitarem a parede. Depois fazer um leilão das obras de arte para arrecadar fundos para a escola.
# Campanha de conscientização no bairro, visitar as casas e conversar com os moradores sobre desperdício de água para lavar calçadas ou carros e sobre a coleta seletiva de lixo ( a ABEPAN fornece panfletos e os horários dos caminhões para a coleta de lixo reciclável). Cada turma fará uma limpeza na escola e em torno da mesma, os menores recolhem lixo do pátio e em volta a escola, os maiores podem fazer a volta na quadra.
# Escrever uma carta para o prefeito solicitando uma lata de lixo grande com a separação dos lixos, para ser colocada na frente da escola e servir toda a comunidade.
# O projeto pode ser encerrado no dia da árvore, juntamente com uma campanha conscientizando os motoristas sobre os perigos do trânsito. Um lugar ideal é em frente aos bombeiros, conversar no Detram com a Fabiana, ela oferece vários azuizinhos além de barreiras para que as crianças fiquem seguras na hora de conversar com os motoristas. Sugiro solicitar mudinhas de árvores frutíferas na ABEPAN, para entregar aos motoristas, juntamente com a seguinte frase: “ Cada flor que nasce, cada criança que chega ao mundo, traz a grande notícia: Deus ainda não está cansado dos homens. PRESERVE A NATUREZA”. Colocar a logomarca da escola em cada mensagem.


GINÁSTICA HISTORIADA

Cada criança deve dramatizar a história, na medida em que a educadora vai narrando, alguns podem ser a menina, outros a sementinha, outros a chuva e outros o solzinho, ou as crianças podem ser a sementinha, enquanto a educadora dramatiza os personagens restantes.

Era uma vez uma menina que se preocupava muito com as plantinhas, certo dia ela cavou um buraquinho na areia bem fofa, dentro dele colocou uma linda sementinha, ( agora as crianças serão a sementinha). A sementinha era bem pequenina e estava toda encolhidinha, como que se estivesse sentindo muito, muito frio, mas ficou paradinha ali na terra fofinha como se estivesse dormindo. De repente começou a sentir uma sensação muito agradável, a sementinha então, se sentia protegida. Logo pela manhã o sol chegou, seus raiozinhos aos poucos penetraram a terra e aqueceram a sementinha, que acordou com o calorzinho. Quando veio a chuva suas gotinhas fininhas penetraram a areia fofinha e deram um gostoso beijinho na sementinha, feliz, a sementinha começou a erguer seus bracinhos, procurando pelas gotinhas de chuva e pelo calorzinho do sol. Aos poucos a plantinha começa a ganhar folhinhas.
A noite chega e a lua prateada joga o orvalho para a plantinha, que logo estica suas folhinhas para recebê-lo e é saudada pelas estrelas. Cada dia que passava, a plantinha crescia mais, mais e mais. Suas raízes ficaram profundas, bem dentro da terra, seu caule estava grande e forte e sustentava muitas folhas, toda vez que ventava ela segurava as folhinhas para lá e para cá... ( Utilizar a música a sementinha, Beto Hermann)

A SEMENTINHA: ( Jograu)

Era uma vez uma sementinha... Tão pequenina e tão simplesinha,
Com carinho foi plantada e com amor foi cultivada.
De repente o que aconteceu?
Uma plantinha de lá nasceu. Uma bela árvore agora vai se tornar
Junto conosco ela vai crescer, bons amigos iremos ser!!!















OBS: ESTAS IMAGENS foram retiradas de revistas de educação infantil e do picasa, este blog não pretende ferir o direito de imagem de ninguém, meu objetivo é apenas compartilhar idéias e enriquecer planejamentos. Se alguém for o autor de alguma da imagens acima, entre em contato pelo mural de recados ou deixo um comentário comprovando a posse da imagem que eu terei o prazer de colocar a fonte.
http://www.cantinhodaeducacaoinfantil.com.br/2008/08/projeto-primavera-atividades-para.html

Dica de materiais:
DICA DE PROJETO SOBRE O MEIO AMBIENTE:
http://www.qdivertido.com.br/verartigo.php?codigo=2

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Projeto Primavera


Projeto Primavera

Atual

Trabalha de forma globalizada os aspectos físicos, emocionais, afetivos, cognitivos e sociais da criança.

Interdisciplinar

Integra os conteúdos, respeitando o processo de construção do conhecimento.

Comprometido

Enfatiza a construção de valores, como o respeito à pluralidade e à diversidade étnica, de gêneros, social e cultural.

Motivador

Reconhece a importância do jogo e da brincadeira para o desenvolvimento da aprendizagem e da capacidade de criar.

O Projeto Primavera trabalha os eixos sugeridos pelos Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (RCNEF).

Identidade e autonomia

Trabalha o desenvolvimento pessoal e interpessoal da criança, a construção da personalidade, as atitudes, os valores para que aprenda a conviver, a ser e a estar consigo mesma e com o outro.

Linguagem oral e escrita

Traz situações de aprendizagem orientadas para o desenvolvimento da capacidade de ler e de escrever com propostas contextualizadas, riqueza e diversidade textual.

Matemática

Desenvolve as atividades do pensamento a partir de situações-problema exploratórias significativas para as crianças.

Natureza e sociedade

Proporciona uma formação abrangente, cuidadosamente adequada à faixa etária, planejada para possibilitar descobertas importantes envolvendo as áreas das Ciências Naturais e Sociais.

Artes visuais

Favorece o desenvolvimento da imaginação criadora, da expressão e do senso estético da criança, por meio do fazer, do refletir e da apreciação de produções artísticas.

Música

Traz atividades de vivência, percepção e reflexão musical, planejadas para despertar estimular e desenvolver o gosto pela música.


FONTE. http://www.edicoessm.com.br/didaticos/educacao-infantil/projeto-primavera

terça-feira, 9 de agosto de 2011

A EDUCAÇÃO ESPECIAL PARA CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN


A EDUCAÇÃO ESPECIAL PARA CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN


A educação especial é uma modalidade de ensino, que visa promover o desenvolvimento global a alunos portadores de deficiências, que necessitam de atendimento especializado, respeitando as diferenças individuais, de modo a lhes assegurar o pleno exercício dos direitos básicos de cidadão e efetiva integração social. Proporcionar ao portador de deficiência a promoção de suas capacidades, envolve o desenvolvimento pleno de sua personalidade, a participação ativa na vida social e no mundo do trabalho, são objetivos principais da educação especial e assim como o desenvolvimento bio-psiquico-social, proporcionando aprendizagem que conduzam a criança portadora de necessidades especiais maior autonomia. A prática pedagógica adaptada as diferenças individuais vêem sendo promovidas dentro das escolas do ensino regular. No entanto, requerem metodologias, procedimentos pedagógicos, materiais e equipamentos adaptados. O professor especializado deve valorizar as reações afetivas de seus alunos e estar atento a seu comportamento global, para solicitar recursos mais sofisticados como a revisão medica ou psicológica. E outro fato de estrema importância na educação especial é o fato de que o professor deve considerar o aluno como uma pessoa inteligente, que têem vontades e afetividades e estas devem ser respeitada, pois o aluno não é apenas um ser que aprende. A educação especial atualmente é prevista por lei e foi um direito adquirido ao longo da conquista dos direitos humanos. A garantia de acesso a educação e permanência da escola requer a pratica de uma política de respeito às diferenças individuais.

Política nacional de educação especial


Como já foi citado a educação especial é prevista na Constituição da Federal, que é dever do Estado com a educação a garantia de: atendimento educacional especializado aos portadores de deficiências, preferencialmente na rede regular de ensino.(art. 208, caput, III, CF).
A política nacional de educação especial consiste de objetivos gerais e específicos necessários a portadores de deficiências, que fundamentam e orientam o processo de educação especial, visando garantir o atendimento educacional ao aluno portador de necessidades especiais.
Os objetivos formulados pela política de educação especial são: promover a interação social; desenvolver práticas de educação física, atividades físicas e sociais; promover direito de escolha; desenvolver habilidades lingüísticas; incentivar autonomia e possibilitar o desenvolvimento social, cultural, artístico e profissional, das crianças especiais.
Para assegurar a educação especializada algumas medidas devem ser tomadas, como: aumento da oferta de serviços de educação especial com equipamentos, equipe qualificada, material didático especializado e espaço físico adequado às necessidades especiais dos deficientes, assim como criação de programas de preparo para o trabalho, estímulo a aprendizagem informal e orientação à família.
No entanto, a falta de atendimento especial principalmente em pré-escolas, carência de recursos e equipe qualificada, inadequação do ambiente físico, falta de novas propostas de ensino, descontinuidade de planejamento e ações, desigualdade de recursos e oportunidades, vem dificultando o acesso de muitas crianças especiais ao ensino especializado.

FONTE. http://www.pedagogiaemfoco.pro.br/spdslx07.htm

CARTÕES COM A CARA DO PA PAI.


CARTÕES COM A CARA DO PAPAI.

pais3
pais2
pais4
PAI kids2

FONTE: http://pragentemiuda.blogspot.com/2008/08/todos-os-tipos-de-pais.html

sábado, 6 de agosto de 2011

Paralisia Cerebral



Paralisia Cerebral

As palavras paralisias e cerebrais são usadas para descrever uma condição de ser, um estado de saúde, uma deficiência física adquirida, um Distúrbio de Eficiência Física que durante muito tempo teve o significado de "invalidez".

Atualmente, o termo Paralisias Cerebrais (P.C.) vem sendo usado como o significado do resultado de um dano cerebral , que leva à inabilidade, dificuldade ou o descontrole de músculos e de certos movimentos do corpo. O termo cerebral quer dizer que área atingida é o cérebro (sistema Nervoso Central - S.N.C) e a palavra paralisia refere-se ao resultado do dano ao S.N.C., com conseqüências afetando os músculos e sua coordenação motora, dos portadores desta condição especial de ser e estar no mundo.

Paralisias cerebrais não são doença, mas uma condição médica especial (que freqüentemente ocorre em crianças), antes, durante ou logo após o parto, e quase sempre é o resultado da falta de oxigenação ao cérebro. As crianças afetadas por Paralisias Cerebrais têm uma perturbação do controle de suas posturas e dos movimentos do corpo, como conseqüência de uma lesão cerebral.

Estas lesões possuem diversas causas, freqüentemente devido à falta de oxigenação antes, durante ou logo após o parto, não existindo dois casos semelhantes, pois algumas crianças têm perturbações sutis, quase imperceptíveis, aparentando serem "desajeitadas" ao caminhar, falar ou usar as mãos, enquanto que as submetidas a lesões cerebrais mais graves, a exemplo de casos de anóxia neonatal, podem apresentar incapacidade motora acentuada, impossibilidade de falar, andar e se tornam dependentes para as atividades cotidianas.

SAIBA QUE:

1. A Paralisia Cerebral não é contagiosa.

2. A pessoa com Paralisia Cerebral tem inteligência normal, a não ser que a lesão tenha afetado áreas do cérebro responsáveis pelo pensamento e pela memória.

3. Se a pessoa portadora de Paralisia Cerebral tiver sua visão ou audição prejudicada pela lesão, terá dificuldades para entender as informações como normalmente são transmitidas; Se o controle da fala for atingidos, terá dificuldades para comunicar seus pensamentos ou necessidades. Quando tais fatos não são observados, a pessoa portadora de Paralisia Cerebral pode ser erroneamente classificada como deficiente mental ou não inteligente.

4. Homens e mulheres portadores de Paralisia Cerebral podem ter filhos como qualquer outra pessoa. As características dos óvulos e dos espermatozóides, bem como a estrutura dos órgãos reprodutores, não são afetados pela lesão cerebral.

PRINCIPAIS CAUSAS DURANTE O PARTO

· Falta de oxigênio ao nascer (o bebê demora a respirar, lesando parte(s) do cérebro);

· Lesões causadas por partos difíceis, principalmente a dos fetos muito grandes de mães pequenas ou muito jovens (a cabeça do bebê pode ser muito comprimida durante a passagem pelo canal vaginal);

· Trabalho de parto demorado;

· Mau uso do fórceps, manobras obstétricas violentas;

fonte: http://www.dedosdospes.com.br/html/pc.htm

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

PORTA CANETAS PARA O PAPAI.

Porta canetas para o papai.




Fonte: http://cantinhoalternativo.blogspot.com/search/label/dia%20dos%20pais

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Síndromes

Síndromes:

BEM VINDOS !

· Síndrome de Down

§ Trissomia 21 (47, XX + 21 ou 47,XY + 21)
§ É a aneuploidia mais viável no Homem.
§ Indivíduos de baixa estatura com uma morfologia das pálpebras característica, boca pequena e atraso mental em grau variável.

· Síndrome de Edwards

§ Trissomia 18
§ Atraso mental grave, malformações cardíacas e morfológicas. Raramente sobrevivem mais do que alguns meses.

· Síndrome de Patau

§ Trissomia 13
§ Malformações morfológicas e do sistema nervoso central graves. Atraso mental profundo. Raramente sobrevivem mais do que alguns meses.

· Síndrome de Turner

§ Monossomia X (45,X0), outros.
§ Infantilismo sexual (formação de ovários vestigiais),baixa estatura, pregas perigonucais, inteligência, geralmente, normal.
§ A maioria dos sintomas são mais notórios na puberdade, pelo que nesta idade, se as doentes não forem submetidas a um tratamento hormonal, não desenvolverão os caracteres sexuais secundários.

· Trissomia do X

§ 47,XXX
§ Mulheres com estatura normalmente acima da média, frequentemente estéreis e com inteligência acima do normal.

· Síndrome de Jacobs

§ 47,XYY
§ Homens de elevada estatura, com desenvolvimento sexual normal e inteligência normal.

· Síndrome do Cri-du-Chat

§ Delecção do braço superior do cromossoma 5.
§ Deve o seu nome ao facto de os doentes afectados terem o choro idêntico ao miar de um gato.
§ Apresentam ainda atrasos mentais e neuromotores graves.

· Leucemia mielóide crónica

§ Translocação recíproca entre o cromossoma 9 e 22.
§ Consequências fenotípicas: fadiga acentuada, mal-estar abdominal, surdez, cegueira, outros.

Síndrome de Hutchinson-Gilford

  • Mais conhecida por Progeria, é uma doença da infância caracterizada pelo envelhecimento precoce. Estima-se que afecte uma em cada 8 milhões de crianças e a esperança média de vida é 16 anos para os rapazes e 14 anos para as raparigas.
  • A progeria produz-se por mutações na lâmina A C/ que geram uma laminação alternativa que leva à produção de uma proteína imatura similar à prelamina A. As células apresentam um núcleo com alterações estruturais bem como defeitos na organização da heterocromatina. Molecularmente apresentam um defeito no mecanismo de reparo do DNA como consequência do rompimento da dupla hélice.
  • Existe actualmente um caso de progeria registado em Portugal. Chama-se Cláudia, tem 10 anos, e de momento encontra-se em tratamentos nos EUA.

http://genetica-chaves.webnode.com/sindromes/

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Dia dos pais: Desenhos e cartões coloridos

Dia dos pais: Desenhos e cartões coloridos






































FONTE: http://sementinhakids.wordpress.com/datas-especiais/dia-dos-pais-desenhos-e-cartoes-coloridos/