segunda-feira, 17 de junho de 2013

SÍNDROME DE DOWN




Em um mundo de urgências, a Síndrome de Down é uma

enorme placa de PARE. ATENÇÃO!

Em tempos que tudo já vem pronto, aprendemos a esperar

pelo primeiro sorriso , a sustentação do pescoço...sentar-

se é fruto de terapias; andar requer incentivos contínuos e

falar, exige algo que não está à venda em nenhum

mercado , muita dedicação dos pais: brincando ,

tagarelando , dando bronca , conversando , ou seja, tempo

para os filhos...e enfim, ouve-se papai e mamãe e todas as

outras palavras e atitudes virão oportunamente. E não

importa se os outros carros atrás da gente, buzinarão e dirão

 que estamos lentos ,essa é a nossa velocidade ,temos um

alvo e sabemos que chegaremos lá. Nessa estrada, a palavra

 pressa foi substituída pela palavra paciência . O que é tido

por banal ,nela, ganha singular importância . A Síndrome de

 Down freia algumas expectativas , mas amar, não tem nada

a ver com expectativas . O verdadeiro amor não espera

 recompensas. O amor é um sentimento espontâneo e

altruísta que brota no nosso peito. O amor é o combustível

para longas jornadas. A Síndrome de Down não é um

fantasma...é um anjo , que veio resgatar valores! Se seu

filho não tem Síndrome de Down , mesmo assim ,

dedique - se mais a ele. Só o amor constrói homens de bem.


 ( autora desconhecida)

0 comentários:

Postar um comentário