quinta-feira, 26 de março de 2015

NOSSO MUITO OBRIGADA AO PREFEITO PUPIN PELO CONVITE.

Prefeitura entrega a primeira unidade do Espaço da Inclusão com o apoio da Unimed Maringá

Comunicação Unimed Maringá



Possibilitar que crianças com deficiência, em especial cadeirantes, tenham um espaço adaptado e acessível para brincar. Essa é a proposta do Espaço da Inclusão, cuja primeira unidade foi inaugurada na manhã dehoje no Parque do Ingá, em Maringá. A iniciativa é da Prefeitura do Município e conta com o apoio da Unimed Maringá.
O Espaço da Inclusão é o primeiro do gênero no Paraná e conta com dois equipamentos, um carrossel e um balanço, que são acessados com segurança pelo cadeirante. Na manhã de sexta-feira (27), a Prefeitura vai fazer a entrega da segunda unidade, no Parque Alfredo Nyffler. No futuro, segundo comentou o prefeito Carlos Roberto Pupin, o Espaço será instalado ao lado de todas as Academias ao Ar Livre da cidade.
Ao fazer a abertura da solenidade, por volta das 9h, a presidente do Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar), Luiza Esteves Pupin, comentou que a iniciativa era a realização de um sonho seu. “Estamos tornando um grande número de pessoas ‘visíveis’”, disse, fazendo referência ao fato de que deficientes não tinham espaços adaptados para brincar. “Todos têm os mesmos direitos e estamos começando a promover mudanças nesse sentido”, acrescentou.
O presidente da Unimed Maringá, Daoud Nasser, comentou que a cooperativa é, possivelmente, a principal parceira da Prefeitura, participando de projetos em diversas áreas. Ele citou, entre outros, as edições anuais da Copa Escolar Unimed – cuja abertura, em 2014, foi a realização de uma partida de futebol de amputados – e a distribuição de mudas de capim citronela, em dois bairros, para afugentar o mosquito transmissor da dengue. “Decidimos atender prontamente ao convite da Prefeitura para participar do Espaço da Inclusão, pois o mesmo atende a política de responsabilidade social da cooperativa”, frisou.
O prefeito Carlos Roberto Pupin agradeceu a participação da cooperativa médica em realizações do município e lembrou que a mesma é parceira, inclusive, das ciclovias, viabilizando os paraciclos. “Maringá é uma cidade devotada à qualidade de vida e o Espaço da Inclusão vem contribuir muito nesse sentido”, disse.
A solenidade contou com a presença da fanfarra da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e de um grupo de alunos da Escola Especial Tânia Regina.
“Esse espaço vai servir para meninos como o Otávio”, afirmou a gestora da escola, Tânia Regina. Ela disse que ele, embora com deficiência cerebral, consegue entender perfeitamente o que se passa à volta. “Esses equipamentos nos ajudam a trabalhar o seu desenvolvimento”, afirmou.

FONTE:
http://www.unimed.coop.br/pct/index.jsp?cd_canal=56110&cd_secao=56149&cd_materia=374119


0 comentários:

Postar um comentário